Diretor e editor formado pela Universidad del Cine. Entre 2008 e 2014, trabalhou como professor em diferentes disciplinas na UBA e na Universidad del Cine. Sebastián escreveu e realizou os curtas-metragens Mañana Todas las Cosas (2013), El Pasado Roto (2015) e El Espacio Sideral (2021), os três estreados no Festival de Cannes, e o longa-metragem La Omisión (2018), estreado na Berlinale. Paralelamente, desde 2010, trabalha como editor de curtas e longas-metragens, com realizadores como Matías Piñeiro, Inés Barrionuevo, Gael García Bernal, José María Avilés, César Sodero e Lucía Garibaldi, entre outros. Atualmente, aventura-se no campo da música e pensa a montagem através de obras sonoras que misturam cinema com música eletrônica e experimental. Algumas dessas obras são publicadas na rádio online Muito Radio.