Programadora no International Documentary Film Festival Amsterdam – IDFA e integrante da equipe de programação do MajorDocs (Espanha). Durante dez anos, foi diretora artística do Festival Internacional de Documentários Encuentros del Otro Cine – Edoc (Equador), com o qual colabora regularmente desde 2004. Integrou a equipe de programação da Gira de Documentales Ambulante (México) entre 2016 e 2020. Foi bolsista do Seminário Flaherty. Coeditou o livro El otro cine de Eduardo Coutinho (2012) e dirigiu o curta Derivadas (2015). María tem participado da curadoria de mostras e exibições no Equador, Brasil, Colômbia e Estados Unidos. Escreve sobre cinema em publicações internacionais e colabora com fundos e instituições na avaliação de projetos. Mora no Rio de Janeiro.